Perfil:
Receber Pagamentos


Arquivos:

Amigos (0)::

POSTS

Receber moedinhas
29/10/2013 às 11:08

Não conheço nenhum mortal que goste de receber pagamentos ou troco por moedinhas. Todo mundo fica um pouco irritado quando vai ao mercado e vem aquela quantia absurda de moedas que não se sabe nem onde guardar tanto volume de metal. Ou ir ao banco e receber pagamentos pelo caixa e levar um monte de moeda pra casa.

 

Descobri hoje no site do Banco central do Brasil que pessoas físicas e jurídicas por lei podem receber somente uma quantidade limitada de moedas de metal.

Essa quantidade se resume a 100 moedas de cada valor, o mesmo vale para os bancos que podem receber pagamentos nessa quantidade de moedinhas. Pode ser reconfortante pensar que a próxima vez que quebrar seu porquinho, você poderá ir ao banco e se quiser trocar por dinheiro de papel ou obrigar alguém a aceitar por lei as suas 100 moedas de cada valor você esta amparado por essa lei. Mas a questão é que a recíproca também e verdadeira.



Comentários



Compras com décimo terceiro
27/10/2013 às 12:48

Assim que se aproxima o fim de ano é normal que surja a expectativa de receber dinheiro  do décimo terceiro salário. Todos ficam ansiosos para fazer compras de natal com esse dinheiro que nos proporciona a oportunidade de  gastar um pouquinho mais que o habitual.

 

 Como todo assalariado ansioso por consumir, eu também tenho planejado desde novembro o que vou fazer quando receber dinheiro do décimo terceiro. Lembro que meus pais usavam esse dinheiro e compravam os presentes de natal pra mim e minha irmã: boneca ou algum jogo. esse dinheiro ajudava bastante no natal da minha família.

 

 Eu não tenho filho, mas quando receber dinheiro nesse natal pretendo comprar algo pro meu sobrinho e pra minha família também.

 



Comentários



Almoço de domingo
03/10/2013 às 10:53

Domingo é o dia clássico de reunir a família para aquele almoço delicioso ao redor da mesa, muita conversa, momentos felizes e por que não, de muita descontração. E quem nunca teve tão longas conversas com a família depois do almoço e que quando menos perceberam já era a hora da janta? Só que ninguém tinha preparado nada para a comida da noite?

Então, para essas pessoas desavisadas, há o delivery, mas se não tiverem dinheiro na mão, coisa que pouco a pouco a gente está perdendo o costume de ter dinheiro em papel na carteira, fica difícil pedir o delivery por telefone e não ter como pagar.

Pensando nessas famílias desavisadas, a Comida de Casa faz o seu prato preferido e você ainda recebe na sua casa a comida quentinha, como se tivesse saído do forno da sua casa. Um milagre? Não, uma visão de negócio que cresce a cada dia.

“Comecei fazendo eu mesma a comida. Coloquei minha página na internet, fiz um api pagamento ecommerce para poder receber pagamentos pela internet e assim fui ganhando clientes com uma velocidade impressionante. Tanto é que hoje tenho cozinheiros e quase todas as grandes cidades e um grupo de motoqueiros que faz a entrega. Meu desejo é que a comida chegue quentinha e caseira na casa de todos meus clientes” diz Maria José do Carmo, idealizadora da Comida de Casa.

“Na internet o importante é manter a boa reputação entre os clientes, inclusive foi por isso que eu coloquei na minha página uma sessão para os comentários e para as sugestões dos meus clientes. É importante para mim que eles possam comentar e dizer se gostaram ou não, o que mudariam em cada prato e principalmente, que recomendem a amigos e outras pessoas que acessarem a página o que eles mais gostaram de comer” disse.

O menu é variado e hoje cada região conta com receitas tradicionais e especializadas, acorde aos pedidos que foram feitos em cada cidade.



Comentários